Hidrovias

MODAL HIDROVIÁRIO

O modal hidroviário é o mais econômico e ecológico meio de transporte. Os rios são divididos em dois tipos, os navegáveis e os potencialmente navegáveis. Os navegáveis são aqueles que a natureza proporciona a navegação com um mínimo de intervenção humana, pequenos derrocamentos e dragagens e os potencialmente navegáveis, aqueles que exigem para navegar, grande intervenção com grandes derrogamentos e barramentos com eclusas. Mato Grosso possui três rios navegáveis: Rio Paraguai, Rio das Mortes e Rio Araguaia e como rios potencialmente navegáveis: Arinos, Juruena e Teles Pires. Existem rios atualmente utilizados para escoamento da produção do Estado que estão em outros estados: Rio Madeira, Amazonas, Tapajós e Paranaíba, Tietê, Paraná e Tocantins.

O Movimento Pró Logística desenvolveu com o DNIT a necessidade de se conhecer os rios brasileiros e este órgão contratou EVTEA – Estudo de Viabilidade Técnica Econômica e Ambiental para todos os rios brasileiros que possuem alguma condição de navegação. Quando conclusos, estes estudos indicarão as obras necessárias para viabilizar a navegação de cargas, passageiros e turísticos.

 

Confira logo abaixo o status das hidrovias que o MPL vem trabalhando:

  • PDC’s 118, 119, 120 – Aguardando designação de relator da CCJ.
  • Rio das Mortes – Aditivo do EVTEA em análise no DNIT;
  • Rio Aripuanã – Licitação do EVTEA prevista para agosto.

 

                                                     ETC de Miritituba-PA e comboio de cargas na Hidrovia do Paraguai

Parceiros